Comportamento do consumidor: Trading up, down e over

Michael Silverstein e Neil Fiske, autores de Trading up, observaram que um número crescente de consumidores de classe média trocavam periodicamente produtos mais baratos pelo que eles chamam de produtos new luxury (novo luxo), “que apresentam níveis mais elevados de qualidade, sabor e aspiração do que outros bens da mesma categoria, mas que não são tão caros a ponto de estarem fora de alcance”.

Continuar lendo Comportamento do consumidor: Trading up, down e over

Vai que cola…

A partir de um conceito introduzido por Malcolm Gladwell em seu livro Tipping Point, os irmãos Chip e Dan Heath se dedicaram a descobrir o que faz uma ideia “colar” e conquistar o público. Analisando uma grande variedade de ideias de diversas fontes — lendas urbanas, teorias de conspiração, mandatos de políticas públicas e design de produtos — eles identificaram seis traços que caracterizam toda grande ideia e usaram o acrônimo “SUCCES” para organizá-las: Continuar lendo Vai que cola…

A controvérsia da seleção de mercado-alvo por critério comportamental

O surgimento da seleção de mercado-alvo por critério comportamental vem permitindo às empresas rastrear o comportamento on-line de clientes-alvo e encontrar o melhor ajuste entre propagandas e consumidores potenciais. O rastreamento do comportamento de um indivíduo no uso da Internet se baseia nos cookies — alocação aleatória de números, códigos e dados que são armazenados no disco rígido do computador do usuário e revelam quais sites foram visitados, a quantidade de tempo gasto em cada um, quais produtos ou páginas foram visualizados, quais termos de busca foram inseridos, e assim por diante. Continuar lendo A controvérsia da seleção de mercado-alvo por critério comportamental